Fisioterapia respiratória é tendência contemporânea

Ter um filho é uma das maiores realizações que um ser humano pode alcançar em sua vida. Quando nascem eles trazem mais alegria para o dia-dia de seus pais. Entretanto nem tudo são rosas e por vezes um sonho tem também seus momentos desagradáveis. Não há nada pior para um pai do que ver o seu filho doente.

Vivemos numa sociedade altamente industrializada, que embora também nos traga coisas boas, nos pune com um ar cada vez mais impuro. A cada dia mais e mais pessoas adquirem doenças respiratórias como bronquite e pneumonia.

Quando adulto o ser humano adquire uma maior imunidade a doenças. Entretanto uma criança não conta com a imunidade de um adulto e pode adoecer com facilidade.

Entre os males que mais acometem crianças estão a gripe e a tosse, geralmente tidas como naturais, ainda mais em crianças. Entretanto nem sempre uma tosse é algo oportuno e despreocupante. Às vezes uma simples tosse pode se tornar uma dor de cabeça para os pais. É aí que entra a Fisioterapia Respiratória Pediátrica.

fisioterapia respiratoria

O que é a Fisioterapia Respiratória Pediátrica?

A Fisioterapia Respiratória Pediátrica é um ramo da Fisioterapia Respiratória (área da Fisioterapia que se preocupa com o tratamento e a prevenção de doenças respiratórias) que se dedica exclusivamente ao tratamento de crianças com problemas respiratórios. É o caso de crianças com infeções como bronquite e pneumonia.

É normal que crianças com menos de três anos encontrem dificuldades para eliminar secreções decorrentes de doenças respiratórias, mas geralmente a limpeza com soro e a inalação conseguem resolver o problema. Entretanto há casos onde os dois não resolvem e uma intervenção se faz necessária.

Indicações da Fisioterapia Respiratória Pediátrica?

Em linhas gerais ela é indicada para crianças ou bebês que apresentem desconforto respiratório, geralmente causado por infecções como pneumonias e bronquites.

Como é a Fisioterapia Respiratória Pediátrica?

O objetivo primário da fisioterapia respiratória pediátrica é a limpeza brônquica. Para tal, o fisioterapeuta utiliza-se de técnicas que visam à liberação das vias respiratórias do paciente, facilitando a passagem de ar.

A principal técnica utilizada pelos fisioterapeutas são as manobras fisioterapêuticas feitas na criança que contribuem para a desobstrução das vias aéreas. Entretanto por vezes só as manobras não resolvem e os fisioterapeutas são obrigados a realizarem a aspiração das vias aéreas. Infelizmente, trata-se de um processo invasivo e que incomoda bastante a criança, mas que por outro lado tem uma eficácia altíssima.

Quando a Fisioterapia Respiratória Pediátrica é necessária?

É normal que os pais fiquem em dúvidas sobre quando é a hora de buscar um tratamento. Às vezes a criança pode estar apenas com um pouco de secreção nas vias aéreas, o que geralmente se dissipa naturalmente ou com o auxílio do soro. Porém se for percebido um acúmulo muito alto de secreção por um período de tempo longo, o ideal é que os pais procurem ajuda profissional. É melhor prevenir do que remediar, principalmente quando se está em jogo a saúde do seu filho.

Onde encontrar a Fisioterapia Respiratória Pediátrica?

Hoje a Fisioterapia Respiratória é um dos ramos mais procurados da Fisioterapia e é relativamente fácil encontrar o tratamento, seja ele o tradicional ou o pediátrico.

A Fisioterapia Respiratória é um tratamento tradicionalmente difícil de encontrar no sistema público de saúde, entretanto o panorama vem mudando e muitas casas de saúde públicas já oferecem o tratamento.

Já no sistema particular a Fisioterapia Respiratória Pediátrica é facilmente encontrada em Centros de Fisioterapia, Clínicas e Casas de Saúde.

Leia mais!

ceara-silvio

Vídeo: com dois anos, filha de Ceará já imita Sílvio Santos

Com apenas dois anos, Valentina, filha do humorista Ceará, já é ensinada pelo pai a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *