Grajaú tem suposto toque de recolher e comerciantes fecham estabelecimentos

* Com colaboração de Edu Grajaú

Após cinco ônibus serem incendiados e lojas depredadas e saqueadas, na noite da última terça-feira, 20, no entorno da Avenida Dona Belmira Marin, no Grajaú, Zona Sul da capital, o clima continuava tenso por volta das 20h desta quarta-feira, 21, principalmente nos bairros Jardim Eliana, Parque Residencial Cocaia, Gaivotas e Cantinho do Céu.

Segundo moradores da região, ônibus não estão passando pelo local, mesmo àqueles que não aderiram à grave que atinge uma boa parte da cidade. Lojas fecharam as portas mais cedo, após um suposto toque de recolher ser anunciado pelo bairro. Equipes da Ronda Ostensiva Tobias Aguiar (Rota) circulam pelo região. Muitos comerciantes fecharam seus estabelecimentos por medo de saque.

Última noite

De acordo com relatos de moradores da região, o clima por volta das 20h40 era tenso no entorno da Avenida Dona Belmira Marin, principal via de acesso para quem chega ou sai do Grajaú. De acordo com a São Paulo Transporte (SPTrans), três ônibus, incluindo um bi-articulado, teriam sido completamento destruídos pelo fogo. Outros dois ficaram parcialmente depredados. Lojas de departamentos e supermercados na via tiveram suas dependências invadidas por vândalos e saqueadas.

Segundo informações publicadas na rede social por moradores, uma reintegração de posse, em uma ocupação conhecida como Recanto Vitória, na Rua Alziro Pinheiro de Magalhães seria o estopim para a revolta no bairro.

Fotos: Edu Grajaú
Fotos: Edu Grajaú

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *