“Isso é Calypso” perde patrocínio do governo do Pará

Joelma e Chimbinha (Foto: Divulgação)

Joelma e Chimbinha (Foto: Divulgação)

Ih, mais uma depois do comentário preconceituoso que Joelma concedeu à revista “Época” sobre os homossexuais.

Depois de emissoras de TV recusarem propostas de apresentação da banda Calypso em seus programas, o boato da vez é que o governo do Pará não irá mais patrocinar o filme “Isso é Calypso”, baseado na biografia da banda.

Segundo o “Jornal do Brasil”, o governo já havia conseguido cerca de R$1 milhão para a realização do filme, mas teria cortado a verba depois da repercussão do comentário da cantora. Agora, a produção do longa “Isso é Calypso” espera que Deborah Secco, cotada para interpretar Joelma nas telas, seja atração para outros patrocínios.

Ainda de acordo com o jornal, dizem que Joelma teria dado a polêmica declaração sobre os homossexuais interessada no público evangélico, já que teria gravado um CD gospel.

Hum, será?