Metroviários decidem por greve nesta quarta em SP

Funcionários da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), que estão em estado de greve desde o último mês, realizam a partir das 18h30 desta quarta-feira, 4, assembléia na sede do Sindicato dos Metroviários, no Belém, Zona Leste da capital, sobre uma possível greve, que deve ser iniciada nas primeiras horas da madrugada desta quinta-feira, 5.

Os funcionários exigem um aumento salarial real de 16,5%. A proposta do Metrô, já rejeitada em negociações anteriores, é de 7,8%.

Em entrevista ao G1, O presidente do sindicato, Altino Melo dos Prazeres, explicou que no dia 5 a greve deve começar na madrugada, entre 4h e 5h. “Não há como interromper exatamente à meia-noite. O pessoal vai concluir o turno até a 1h, 2h (da madrugada) e depois o pessoal do turno seguinte não entra para trabalhar”, explicou.

 

metrô

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *