O programa Fies acabou? Entenda o que de fato ocorreu!

Afinal de contas, o que aconteceu com o Fies? Entenda por quê vários estudantes não estão conseguindo participar do programa esse ano e saiba tudo sobre as novas regras do financiamento estudantil.

Você com certeza já leu em jornais por aí, ou viu na Tv, que o Fies, programa do Governo Federal para Financiamento Estudantil de cursos de graduação está passando por reformulações e novas regras. Devido a essas mudanças alguns alunos não conseguiram se inscrever no programa ou realizar o aditamento do Fies, isso gerou vários comentários de que o Fies teria chegado ao fim esse ano.

No inicio do ano foi anunciado de que para ter direito ao Fies os alunos deveria tirar no Enem nota igual ou maior a 450 pontos e não zerar a prova de redação. Além disso, o Fies poderia ser usado como completo do Enem apenas se fosse para curso de graduação de uma única faculdade.

Todas essas mudanças geram dúvidas sobre o programa e várias especulações estão sendo feitas, mas o que realmente aconteceu com o Fies? Será que ele realmente acabou?

sera que fies acabou

Conheça as novas regras do Fies

Algumas novas regras sobre o Fies levantaram dúvidas sobre a continuidade do programa, por exemplo, a de que será limitado o número de bolsas do Fies em cada instituição de ensino, a exigência de nota mínima de 450 pontos no Enem, não poder acumular bolsa do Prouni e Fies em diferentes instituições.

Os prazos para renovação de contrato do Fies, e as solicitações do financiamento pela primeira vez, estão mais curtos do que nos anos anteriores além das falhas apresentadas pelo site que impossibilitou milhares de inscrições no Fies. Esses fatores prejudicam os alunos que se matricularam em instituições privadas na confiança de conseguir o Fies, mas as mensalidades já chegaram sem a certeza do benefício.

Afinal de contas, o Fies acabou?

Não, caros leitores e leitoras o programa Fies não acabou! Acontece que com novas regras tiveram que ser implementadas por causa da multiplicação de gastos que o Governo Federal teve com o programa Fies nos últimos anos. Segundo o Ministério da Educação de 2010 a 2014 o número de contratos do Fies cresceu quase dez vezes.

A criação de novas regras causou problemas para os alunos que tentaram fazer um novo contrato ou aditamento do Fies. Todo o processo é realizado por meio do site do programa, mas ao pedir Fies para uma determinada vaga os alunos se deparam com erros no site que diziam já estar esgotado o número de vagas para o campus ou instituição escolhida. Esse “erro” faz parte das novas regras para o pedido de Fies, o Governo classificou os cursos com notas que vão até 5, e de acordo com essas notas é que estão sendo contempladas as bolsas do Fies.

Para os novos alunos que desejam participar do Fies devem ficar atentos a todas as novas regras do programa para ver se estão dentro dos critérios pedidos para conseguir o financiamento. Todos os critérios e novas regras estão disponíveis no site do Fies http://sisfiesportal.mec.gov.br.

Renovação de Fies

O Governo Federal assegurou que todos os 1,9 milhões de estudantes inscritos no Fies até 2014 poderão renovar o contrato do programa até dia 31 de abril de 2015. Os problemas de lentidão do site que foram reportados já estão sendo solucionados a fim de não prejudicar os alunos.É importante lembrar que existem outros programas tão bacanas como ele, como por exemplo o Pronatec ou o da rede privada mais conhecido, o famoso Educa Mais Brasil.

Leia mais!

ceara-silvio

Vídeo: com dois anos, filha de Ceará já imita Sílvio Santos

Com apenas dois anos, Valentina, filha do humorista Ceará, já é ensinada pelo pai a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *