PM da Rocam morre após abordagem na Vila Liviero, ZS

O policial militar Edson Santos da Silva, de 30 anos, lotado nas Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) do 46° Batalhão da Polícia Militar de São Paulo, foi assassinado na noite deste sábado, 18, após uma abordagem a suspeitos de tráfico de drogas.

O PM estava junto a mais um colega, também em uma moto, quando teriam avistado um homem em atitude suspeita. De acordo com a PM, o homem fugiu ao perceber a chegada dos policiais, abandonado uma mochila no local.

Ainda segundo a PM, enquanto faziam uma vistoria no material do suspeito, os militares foram surpreendidos à tiros. O soldado Edson Santos da Silva, de 30 anos, levou um tiro na nuca. Ele foi socorrido e levado ao Pronto-Socorro do Hospital Heliópolis mas não resistiu aos ferimentos. O suspeito conseguiu fugir.

A Polícia Militar informou que o soldado estava na polícia há oito anos.

Leia mais!

Massacre do Carandiru: operação Sino e anúncio de oito mortos

O barulho que ecoava de dentro para fora assustava os familiares e os PMs que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *