Professor da UFMT é o primeiro brasileiro finalista do Nobel da Educação

Prêmio oferecido pela Fundação Varkey visa valorizar trabalhos que tenham relevância social em suas regiões

Engenheiro químico e doutorando em Engenharia Mecânica, o professor Marcio de Andrade Batista, da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) Campus Araguaia, é o primeiro brasileiro a ser finalista no prêmio Global teacher Prize, considerado o Prêmio Nobel do segmento de educação.

São 29 países representados entre os 50 finalistas. A indicação do professor brasileiro é por um projeto realizado em escolas públicas de ensino médio, em que orienta iniciativas científicas dos estudantes. O resultado será anunciado em Dubai, no mês de março. O vencedor, além de todo prestígio, ganhará um milhão de dólares.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O trabalho de Marcio com os jovens já rendeu um terceiro lugar no Prêmio Jovem Cientista, em 2012, com a estudante Bianca Valeguzki de Oliveira. Ambos foram recebidos pela presidente Dilma Rousseff na cerimônia oficial do evento.

Leia mais!

Conheça alguns mitos sobre perda de peso

Quase todo mundo já entrou em uma dieta radical, alguma vez na vida. Seja por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *