Bolsonaro recebe Elon Musk no Brasil para negociar o acesso à internet, veja o impacto desta visita

0

Na última sexta-feira (20), Bolsonaro recebeu o bilionário Elon Musk, dono da Tesla e da SpaceX, em São Paulo.

A reunião foi organizada pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria. O principal motivo da visita foi para anunciar o lançamento da Starlink no Brasil.

A empresa de satélites de alta velocidade de Musk irá levar internet para cerca de 19 mil escolas rurais e realizar um monitoramento da Amazônia.

Segundo o ministro Fábio Faria, o projeto ajudaria a “revelar a verdade sobre a Amazônia”. Musk, porém, encerrou o encontro sem mencionar sobre a política ambiental brasileira.

Starlink, de Elon Musk, já opera no Brasil

A empresa de satélites de Elon Musk recebeu, em janeiro, o aval da Anatel para exploração de satélite estrangeiro não-geoestacionário de baixa órbita. Até 2027, é esperado que o serviço de internet da Starlink atinja todo o território nacional.

O site da empresa anunciou que os serviços já estão disponíveis em algumas regiões do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Para quase todo o nordeste, a previsão é de que esteja disponível no quarto trimestre deste ano. Regiões Norte e Centro-Oeste receberão a banda larga no primeiro trimestre de 2023.

O contato de Musk com o Brasil já ocorre desde o ano passado, quando Fábio Faria, ministro das Comunicações, realizou uma reunião com o bilionário em novembro. O governo do Amazonas mantém contato desde fevereiro deste ano.

Quando o serviço da Starlink será implementado na Amazônia?

Segundo o presidente Jair Bolsonaro (PL), o acordo é um “início de namoro”. Musk não revelou mais detalhes sobre os serviços que serão prestados e quando isso irá acontecer. 

Quem é Elon Musk?

O bilionário, segundo o ranking da revista Forbes, é o homem mais rico do mundo, com patrimônio avaliado em US$219 bilhões. Ele é dono da SpaceX, empresa de transporte espacial que opera a Starlink.

Também é CEO da Tesla, fabricante de carros elétricos. Recentemente, anunciou um acordo de compra do Twitter pelo valor de US$44 bilhões, que ainda não foi concretizado.