Início Notícias Cliente que entrou em loja e quebrou cuba deve se apresentar em...

Cliente que entrou em loja e quebrou cuba deve se apresentar em DP nesta sexta

O vídeo publicado pelo professor Rodrigo Ciríaco, de 32 anos, em que ele aparece, primeiramente, no estacionamento da loja Dicico, unidade Radial Leste, na Avenida Alcântara Manchado, 1993, na região do Brás, zona Leste,  reclamando do estabelecimento de materiais de construção, por não ter recebido suas encomendas e não ter sido ressarcido, e logo em seguida dentro da loja quebra uma cuba e pisos, vídeo que teve mais de 860 mil visualizações em cinco dias, deve ser retirado do Youtube seguindo determinação do Tribunal de Justiça da capital. De acordo com a publicação do portal G1, por decisão do juiz Adilson Aparecido Rodrigues Cruz, da 34ª Vara Cível do Fórum Central de São Paulo, o vídeo intitulado “Solucionou? Não, mas estou satisfeito. Dia #fúria”, escrito todo em caixa alta, deve ser retirado do ar pelo Google, responsável pelo site Youtube, sob pena de multa diária de R$ 10 mil. Além disso, Ciríaco está proibido de fazer qualquer publicação em redes sociais em relação ao ocorrido, em caso de desobediência de Rodrigo Ciríaco, a multa chega a R$ 5 mil. Na página da publicação no Youtube, duas mensagens postadas na noite desta quinta-feira, 4, por Rodrigo Ciríaco ( a reportagem do Infodiretas confirmou por volta das 20h, com o próprio autor a veracidade de seu perfil) informam que, na tarde desta sexta-feira, 5, por volta das 13h30, Rodrigo Ciríaco, acompanhado de seu advogado, Davi Gebara comparecerão ao 8ºDP (Brás), para esclarecimentos. A ideia segundo Rodrigo, é fazer uma entrevista coletiva. No outro texto, Rodrigo disse que, “se a justiça entender que devo algo, eu pago”.

http://www.youtube.com/watch?v=v21WiXspRO0&feature=c4-overview&list=UUEs_H6dNGZHJ4AQNsaCs0uw