Faixa etária de vacinas contra meningite e HPV é ampliada pelo Ministério da Saúde

0

O Ministério da Saúde ampliou a faixa etária da vacina contra o HPV para meninos de 9 a 10 anos. Até então, a vacinação só estava disponível para meninos com 11 anos ou mais. 

A mudança faz com que a faixa etária de imunização seja a mesma para meninos e meninos, permitindo que qualquer criança ou adolescente entre 9 e 14 anos possa receber o imunizante contra o HPV.

Mais de 100 países utilizam a imunização contra o papilomavírus humano nos programas nacionais de vacinação. A estratégia, segundo estudos, possui resultado positivo e previne doenças causadas pelo vírus como câncer do colo do útero, vulva, vagina, região anal, pênis e orofaringe. 

Em julho deste ano a vacina do HPV4 também foi ampliada para homens de até 45 anos, seguindo recomendações feitas a partir de estudos sobre o Papilomavirus humano (HPV4). O imunizante também deve ser feito em transplantados, pacientes oncológicos ou vivendo com HIV/Aids.

Nova mudança na aplicação da vacina meningocócica 

O Ministério da Saúde também fez mudanças na indicação da vacina meningocócica ACWY. O público alvo que era composto apenas por adolescentes com 11 e 12 anos agora foi ampliado também para aqueles com idades entre 11 e 14 anos que ainda não receberam a vacina. O indicado pela pasta é que seja feita uma dose ou reforço, de acordo com a situação vacinal.

A resposta das vacinas meningocócicas é mais robusta em adolescentes, apresentando persistência de anticorpos protetores por um período prolongado. 

Ainda que o maior risco de meningite seja em crianças com menos de um ano de idade, adolescentes e adultos são os principais responsáveis pela circulação da doença.