Investimento de R$ 800 milhões deve beneficiar milhares de pessoas no Paraná

Por Rebeca Vernillo
2 minutos de leitura
Foto: Gilson Abreu/AEN

O programa habitacional “Casa Fácil Paraná” anunciou a meta de entregar 40 mil novas moradias nos próximos quatro anos. O investimento de cerca de 800 milhões de reais será destinado ao subsídio do valor de entrada nos financiamentos para as famílias.

Na nova fase do programa, o valor de entrada aumentou de 15 mil para 20 mil reais. A primeira etapa do programa, lançada em 2021 pela Cohapar, resultou na construção de 32 mil moradias com um investimento de 470 milhões de reais.

Parceria estratégica impulsiona o Programa Casa Fácil e geração de empregos

A parceria entre a Caixa Econômica, o governo federal e as prefeituras viabilizou a implementação da modalidade “Valor de Entrada” do programa Casa Fácil.

“Na primeira etapa do programa, abrimos cerca de 100 mil novos postos de trabalho, muitos deles em plena pandemia. A expectativa agora é gerar mais 120 mil empregos na construção dessas moradias”, afirma o governador Ratinho Junior.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A mais recente etapa do programa busca simplificar o acesso à moradia própria para as famílias. Uma das mudanças é o aumento da renda máxima permitida, que passou de três para quatro salários mínimos. Além disso, a Cohapar reduziu a quantidade de documentos exigidos para as construtoras aderirem ao programa, garantindo que os processos sejam seguros e seguindo as diretrizes governamentais.

Outra novidade é a habilitação dos empreendimentos de forma online, através de um sistema exclusivo da Cohapar. Com essa atualização, o prazo para essa etapa foi reduzido de 40 para apenas 10 dias, agilizando o processo de aprovação.

Foto: Gilson Abreu/AEN

Share This Article
Estudante de jornalismo na Universidade Estadual de Londrina. Redatora InfoDiretas.