Mãe do menino Joaquim deixa o presídio

Natália Mingoni Ponte, mãe do menino Joaquim Ponte Marques de 3 anos, que foi encontrado morto no Rio Pardo, em Barretos, em novembro do ano passado.  A família morava em Ribeirão Preto, segundo a polícia o corpo do menino havia sido jogado no córrego Tanquinho e rodado até o rio em Barretos.

Natália foi denunciada pelo Ministério Público por omissão, que acabou levando a morte do seu filho, Joaquim. O suspeito de ser o autor do crime, é o padrasto do menino, Guilherme Raymo Longo, que continua preso em Tremembé.

Essa foi a segunda vez que Natália consegue um habeas corpus do TJ-SP e consegue sair da prisão, no mês passado conseguiu sair enquanto estava presa temporariamente na cadeia pública feminina de Franca. Depois teve sua prisão decretada e foi levada para a cadeia de Tremembé, de onde foi liberada neste sábado, pois segundo o desembargador Péricles Piza, não havia motivos legais para manter Natália presa.

Comentários estão fechados.

Como saber se alguém está traindo através do WhatsApp Whatsapp: 5 recursos que pode surgir em 2022 Como evitar de espionarem seu celular WhatsApp testa: Pagamentos de criptomoeda nos EUA Whatsapp cria nova funcionalidade para não ocupar espaço no celular