Início Entretenimento Pegadinhas viram febre na TV e Internet

Pegadinhas viram febre na TV e Internet

Que a internet tem o poder de maximizar tudo que acontece, nós já sabemos há anos. Mas que isso serviria para trazer a tona velhos esquetes de tv, só estamos sabendo há pouco.Em um exemplo recente, um costume televisivo que vem renascendo e se tornando uma febre, são as famosas pegadinhas, que tem como expoentes Ivo Holanda, Silvio Santos, Raul Gil e João Kleber. Mas vamos entender essa história desde o começo.

O que são as pegadinhas

As pegadinhas, nada mais são do que um quadro televisivo, derivado do americano candid camera, onde ocorre uma situação inusitada ou engraçada, em que ao final, o participante descobre que está participando de uma brincadeira. Seria algo como pregar uma peça, onde arma-se uma situação para que a pessoa caia nela. Claro que normalmente, apesar de serem surpresa, depois autorizam a exibição da imagem em troca de míseros cachês que variam entre R$ 50,00 e R$ 100,00 .

pegadinhas

Pegadinhas na Internet

Pois é, com a Internet, as pegadinhas se disseminaram com uma velocidade incrível nas ondas do protocolo www, algumas delas inclusive tem até mais de 5 milhões de views, como a famosa pegadinha da menina fantasma no elevador ou do boneco Chuky assassino.

Incidentes

Pois é, só que nem sempre essas pegadinhas acabam bem. No Brasil elas tem gerado até alguns processos, em que as pessoas que participaram sem saber, ficaram revoltadas e pediram seus direitos na justiça.

A 6ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve condenação de uma emissora de TV ao pagamento de indenização por danos morais, no valor de R$ 12 mil, a duas mulheres que participaram de uma brincadeira, a famosa “pegadinha”.

Segundo os autos, as mulheres caminhavam na praça central de Louveira quando foi atirado um artefato na direção delas, por uma pessoa que gritava se tratar de uma bomba. Assustadas, elas tentaram correr, porém uma delas, idosa e com problemas cardíacos, caiu. Após o susto, perceberam que de tratava de uma “pegadinha” e que estavam sendo filmadas.

O Juiz em questão afirmou que a emissora agiu apenas em benefício próprio, querendo audiência e condenou-a a pagar uma indenização as vitimas.