Qual é a idade mínima para aposentadoria no INSS em 2022?

0

Todas as pessoas pensam em aposentadoria no INSS em determinado momento da vida. O INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) oferece benefícios a todas as pessoas que possuem carteira de trabalho assinada e possuem renda, inclusive aquelas que fazem contribuições voluntárias como donas de casa, estudantes e até desempregados.

O INSS permite que apenas uma pessoa contribua a partir dos 16 anos (idade mínima), mas a legislação garante que quem exerce atividade profissional a partir dos 14 anos (menor aprendiz) tem direito aos benefícios previdenciários.

O pagamento individual ou seletivo pode ser realizado na faixa de 5%, 11% ou 20% do salário mínimo. Não há idade máxima para começar a fazer contribuições, mas quanto mais tarde você começar a fazer contribuições, mais tarde se aposentará.

Vale a pena contribuir para o INSS?

A contribuição para o INSS garante o direito a alguns benefícios, como auxílio-doença e pensão por invalidez. Mesmo quem começa a contribuir com idade avançada terá esses direitos.

Para os idosos de baixa renda com mais de 65 anos que nunca pagaram a seguridade social, estão disponíveis benefícios em dinheiro contínuo (BPC).

Essas pessoas terão direito a um salário mínimo mensal (1.100 reais em 2021). Pessoas com deficiência (independentemente da idade) que se encontrem em situação de desvantagem também terão direito ao BPC.

Novos critérios do INSS

A Lei nº 14.176 / 21 define novos critérios para a concessão.

A lei estipula que, para obter o benefício, a renda domiciliar per capita deve atingir 1/4 do salário mínimo, padrão que pode ser de até a metade do salário mínimo (atualmente 550 reais), para isso é necessário comprovar que o grupo familiar em que o requerente do benefício está inserido encontra-se em situação de desvantagem.