Início Notícias Sem-tetos ocupam 20 imóveis em SP; PM está posicionada em quatro locais

Sem-tetos ocupam 20 imóveis em SP; PM está posicionada em quatro locais

Ao menos 20 imóveis públicos e particulares foram ocupados por moradores sem-teto, na madrugada desta segunda-feira, 7, na capital. Os atos começaram à meia-noite. Os prédios e terrenos ocupados ficam na região central, Zona Norte, Sul e Leste. Não há informações de confronto, porém, os ocupantes reclamam da truculência de policiais militares que estão nos locais.

A maior ocupação está em um terreno, que pertence à prefeitura, na Avenida Parada Pinto, altura do 1.700, na Vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte. Segundo Joselia Martins, de 34 anos, líder do movimento, cerca de 200 famílias ocuparam o local, totalizando 800 pessoas, entre idosos e crianças. “O terreno pertence à Cohab, estamos aqui para denunciar que nada é feito em relação à moradia”, conclui. Equipes da PM estão no local. De acordo com a Frente de Luta por Moradia (FLM), que coordena as ocupações desta madrugada, a situação no local é considerada como “tensa”.

Outro ponto onde também há tensão, é na ocupação de um prédio de três andares, na Rua Condessa de São Joaquim, 57, na Bela Vista. Cerca de 15 policiais militares estão no local. “Estamos sendo ameaçados. Eles [os PMs], dizem que se não sairmos por bem, que o Choque está para chegar”, disse uma moradora para o Infodiretas. De acordo com informações da FLM, a PM dispersou parte dos ocupantes de um prédio abandonado na Rua Rego Freitas, 370, na República, com bombas de efeito moral.

Veja abaixo a lista completa de imóveis ocupados nesta madrugada

Por volta das 2h40, um terreno foi ocupado no Parque do Engenho, sendo o segundo no mesmo bairro, minutos antes, um outro local na Rua Ana Aslan, no Capão Redondo, extremo Sul. Às 2h, mais dois prédios foram ocupados, um na Rua Conselheiro Crispiniano, 79, e outro na Rua Aurora, 713. Entre os pontos ocupados estão: Rua Libero Badaró, 352, com 200 pessoas, Rua Coronel Xavier de Toledo, com 57 famílias, e pontos mais distantes do Centro, como: a Avenida Osvaldo Vale Cordeiro, 54, em Cidade Líder, Itaquera, na Zona Leste, e Rua Amaral, Travessa da Parapuã, na Vila Brasilândia, na Zona Norte.

 

1. Rua Libero Badaró, 352 – 200 pessoas ocuparam

2. Rua Cel. Xavier de Toledo,  –  57 famílias pessoas ocuparam

3. Av. Mercúrio, 564 – Parque Dom Pedro

4. Rua São Francisco (particular)

5. Rua São Francisco com Rua do Ouvidor

6. Rua Santa Efigênia, 31

7. Rua Conselheiro Carrão, 202

8.Rua Condessa de São Joaquim, 57

9.Rua Mercúrio, 564 –  Parque Dom Pedro

10.Rua do Bosque – Barra Funda

11. Rua Ana Aslan,  – Parque do Engenho – Capão Redondo

·         12. Av. Parada Pinto, em frente ao 1.707 – Cachoeirinha

·         13. Av. Bento Guelfi, 1.800 – Jd. Alto Alegre

·         14. Rua Amaral – Travessa da Parapuã – Brasilândia

·         15. Av. Osvaldo Vale Cordeiro, 54 – Cidade Líder

·         16. Rua Álvaro Ramos com Toledo Barbosa

·         17. Rua Dom Rodó