Início Notícias SP terá nesse sábado ato contra a violência da PM em protestos

SP terá nesse sábado ato contra a violência da PM em protestos

Atos de protestos por São Paulo têm deixado vítimas com sequelas irreversíveis que levarão na lembrança para o resto da vida. Ao menos duas pessoas foram feridas na região do rosto e perderam a visão de um dos olhos. No último caso, registrado na tarde do dia 7 de setembro, o estudante Vitor Araújo, de 19 anos, ficou cego do olho direito, após fragmentos de uma bomba lançada pela PM atingir o local. Por conta da onda de violência e excessos cometidos por policiais militares, centenas de pessoas devem ir às ruas na tarde do próximo sábado, 14, no vão livre do Masp. O ato ‘Campanha pelas vítimas da PM’, organizado pelo UnidosSP e pelo Protesto não para tem concentração agendada para às 14h, e conta com o apoio do Grupo de Apoio ao Protesto Popular (GAPP) e dos Advogado Ativistas, que atuam no auxílio a detidos e feridos nos confrontos com os policiais. Até a tarde desta sexta-feira, 13, véspera do ato, cerca de 600 pessoas já haviam confirmado presença através da página criada no Facebook.

Na página é possível ler um texto que explica o trajeto. “Vamos realizar atos simbólicos onde Vitinho viu plenamente pela última vez, onde os jovens foram atropelados cruelmente, por um carro civil e pela polícia militar, onde o policial da Rocan (sic) [Rocam] disparou contra o chão, ferindo um repórter inocente, e por fim, retornando à Paulista, onde um pelotão da PM brutalizou vários manifestantes”.