Um mergulho na história do bairro Petrópolis; O sonho de guris

0

Com participação de Flávio Dutra, obra reúne depoimentos de ex-jogadores e moradores da região nos anos de 1960.

Nos anos 1960, surgiu no bairro Petrópolis, em Porto Alegre, um time de futebol, fundado por três garotos com pouco mais de 10 anos. Esse é o pano de fundo do livro ‘G.E. Tupi, sonho de guris & outras histórias de Petrópolis’, assinado pelo jornalista Flávio Dutra, ao lado dos engenheiros Léo Ustárroz e Piero D’Alascio.

A obra, cujo objetivo é ser um mergulho na história do futebol varzeano do local, conta com depoimentos de ex-jogadores e moradores da região naquela época. O prefácio traz a assinatura do ex-prefeito e ex-senador José Fogaça, que cresceu no bairro. Também contribuiu para a obra o advogado Tadeu Dutra.

O livro apresenta jogos marcantes, excursões ao interior e rivalidades locais, além de, claro, os personagens e os cenários onde ocorreram as disputas, especialmente a Praça Tamandaré.

Depoimentos de figuras importantes da história também estão presentes, como Volney II, jogador do Grêmio na conquista do hexacampeonato Gaúcho em 1960, Beto D’Alascio, irmão de um dos fundadores do time que protagoniza a história, e Sérgio Toniolo, reconhecido pelas suas pichações e adesivos em Porto Alegre.

A edição é da Editora Escuna, com projeto gráfico de Larissa Martins.

O lançamento de ‘G.E. Tupi, sonho de guris & outras histórias de Petrópolis’ acontecerá na próxima terça-feira, 23, no Bar e Restaurante São Rafael (Avenida Protásio Alves, 2720 – bairro Petrópolis, em Porto Alegre). Os autores estão disponíveis para autógrafos a partir das 17h. No local, haverá um ponto de recolhimento de cobertores, produtos de higiene pessoal e alimentos, iniciativa realizada em parceria com o Gabinete da Primeira-Dama de Porto Alegre.