Projeto Teatro de Fato em Porto Alegre terá suas inscrições encerradas nesta quinta

0

O Curso do Teatro do Oprimido — do projeto do Teatro de Fato, terá suas inscrições encerradas nesta quinta-feira (23). Após dois anos parados devido à pandemia, o projeto volta sua 11.ª edição e será realizado pelo Grupo Comparsaria das Façanhas, de Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

As aulas acontecerão aos sábados no Centro Cultural de Guaíba (Rua Cel. Serafim Silva, 123- Centro) e começam no dia 25 de junho e vão até o dia 13 de novembro, presencialmente, das 14h às 18h. O cronograma completo pode ser acessado no link CRONOGRAMA CURSO TEATRO DE FATO 11 EDIÇÃO.pdf – Google Drive

O curso é para todos os interessados, sejam atores ou não, e será ministrado pelo professor Araxane Jardim, Déia Alencar e Jaqueline Lepsen. É preciso ter mais de 16 anos.

Como candidatar-se

O interessado deverá acessar o link e preencher o formulário disponível em: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd-c73R8XbST5f17sMACTp_DgiUDPU4mmbBvaKgvKxxyDVrqw/viewform

O conteúdo programático inclui: exercícios e jogos dramáticos do Teatro do Oprimido; Técnica de Estética do Oprimido (roteiro, pesquisa de sonoplastia para encenação, confecção de figurinos e cenário); criação de cena para Teatro Fórum; Mostra cênica com duas apresentações (uma em Porto Alegre e uma em Guaíba); emissão de certificados para participantes que tiverem frequência igual ou superior à 80%. 

O Teatro do Oprimido 

O Teatro do Oprimido é um método teatral formado por diversas técnicas que resultam em um modelo diferenciado de prática cênico-pedagógica, visando a mobilização do público. A metodologia foi criada pelo diretor, dramaturgo e teatrólogo brasileiro Augusto Boal durante a década de 1970.

O curso é uma parceria tem apoio da ONG Semente Solidária / Ponto de Cultura Biguá Espaço Livre / Assuntina Produções Culturais. Para mais informações, E-mail: [email protected]