Setor segurador pagou mais de R$ 6 bilhões em indenizações no Rio Grande do Sul

0

No estado do Rio Grande do Sul, no primeiro semestre de 2022, o setor segurador pagou R$ 6,3 bilhões em indenizações, benefícios, sorteios e resgates. O número – que não inclui Saúde Suplementar, VGBL e DPVAT – apresentou um aumento de 64,5% sobre o mesmo período de 2021.

O presidente da Confederação Nacional das Seguradoras, Dyogo Oliveira, chamou a atenção para o segmento de Danos e Responsabilidades (sem DPVAT), que pagou 119,2% a mais em indenizações, impulsionado pelo seguro rural.

“O Rio Grande do Sul tem sido acometido por eventos climáticos desfavoráveis, a exemplo de três ondas de calor que atingiram o território no final de 2021. Os números mostram que o seguro foi essencial para o produtor rural gaúcho no período, o que fica evidente com o crescimento de 1.262,7% no pagamento das indenizações nos seis primeiros meses de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado”

Com relação ao mesmo período de 2021, o avanço foi de 17,2% na arrecadação dos seis primeiros meses, totalizando R$ 12,4 bilhões. Somente no seguro rural, a arrecadação avançou 42,1%, o que representa 17,4% do montante nacional.