Fim do Auxílio Emergencial e início do Auxílio Brasil – O que muda em 2022

0

O auxílio emergencial se tornou a principal operação de transferência de renda durante a pandemia, mas os pagamentos acabarão neste mês. O sétimo lote de suprimentos de emergência será liberado em breve.

A distribuição será estendida sem confirmação, e a certeza do fim do auxílio aumentou, como podem sobreviver as pessoas que agora contam com ela?

Este é um dos principais problemas para encerrar o auxílio emergencial, já que a economia do país ainda está lutando para se recuperar da pandemia de Covid-19 e a taxa de desemprego permanece alta.

Por que o auxílio emergencial acabou?

O auxílio emergencial terminou e foi substituído pelo Auxílio Brasil. Devido à pandemia de Covid-19, trabalhadores informais vulneráveis ​​de baixa renda e doadores do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) receberam o auxílio emergencial.

O que muda com o fim do auxílio emergencial?

De acordo com a regulamentação oficial, o pagamento final do auxílio emergencial está com programação para ser pago por meio do Bolsa Família no dia 29 de outubro. Para o público em geral, os depósitos terminam no dia 31 do mesmo mês.

Portanto, agora que o atendimento emergencial acabou, as pessoas estão novamente em busca de outros benefícios.

Uma vez que o auxílio emergencial é essencialmente para dois públicos principais, ela acabou e cada beneficiário anterior a fornecerá de uma maneira diferente.

Isso porque muitas pessoas que recebem atendimento emergencial recebem outras modalidades de assistência social, seja estadual ou federal.

O que é o Auxílio Brasil e como se cadastrar?

Embora ainda não tenha iniciado oficialmente, o Auxílio Brasil começará a pagar no final do atendimento emergencial. Portanto, a primeira fase está prevista para acontecer em novembro.

O novo benefício substituirá o Bolsa Família e terá como público-alvo pessoas de baixa renda que pagam mais de R$ 500.

As inscrições serão feitas automaticamente pelo CadÚnico e, segundo o Presidente da República, todos que receberem o Bolsa Família terão Auxílio Brasil. Para outras pessoas que participam do auxílio emergencial, você precisa verificar os critérios de elegibilidade

Como se inscrever no CadÚnico?

O CadÚnico não pode ser feito pela Internet. Isso significa que as pessoas precisam realizar o processo por si mesmas. Esse processo deve ser realizado em posto de atendimento específico da prefeitura de cada município.

No entanto, esse procedimento também pode ser feito em uma das unidades do consultório de assistência social. Para isso, o primeiro passo é escolher um representante da família. Isso é necessário porque o CadÚnico é um cadastro que contém informações sobre todas as famílias de baixa renda no Brasil.

O CadÚnico pede a um familiar que demonstre que é responsável por todos. De modo geral, essa pessoa prefere mulheres com mais de 16 anos.

Dessa forma, o governo tem a garantia de que sempre terá uma pessoa que poderá relatar a realidade de cada família.

Continue informado sobre as notícias do Brasil no Info Diretas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Como saber se alguém está traindo através do WhatsApp Whatsapp: 5 recursos que pode surgir em 2022 Como evitar de espionarem seu celular WhatsApp testa: Pagamentos de criptomoeda nos EUA Whatsapp cria nova funcionalidade para não ocupar espaço no celular