Quem teve salário reduzido em 2021 deve receber 13º integral? entenda!

0

A Secretaria Especial de Previdência Social do Ministério da Economia divulgou nota técnica nesta terça-feira (17), informando que os empregados que reduziram a jornada de trabalho e reduziram salários afetados pela epidemia receberão o 13º salário conforme previsto inicialmente, salário integral.

Essa regra deve ser seguida, principalmente se os trabalhadores reduzirem a jornada de trabalho em dezembro.

As instruções instruem os empregadores a calcular o 13º salário e a conceder licença aos trabalhadores que suspendem temporariamente seus contratos ou reduzem parcialmente suas jornadas de trabalho.

Programa Emergencial de Manutenção de Emprego e Renda

Essa medida auxilia as empresas que foram beneficiadas pelo BEM (Programa Emergencial de Manutenção de Emprego e Renda), iniciado pelo governo federal em resposta ao impacto econômico causado pela pandemia do coronavírus.

Para quem suspende o contrato, a indisponibilidade não é calculada com base no tempo de serviço e são calculados o 13º salário e as férias.

A exceção é quando o funcionário trabalha mais de 15 dias no mês, o que é estipulado na legislação em vigor, que beneficia o trabalhador.

“A diferenciação ocorre porque na redução de jornada o empregado permanece recebendo salário, sem afetar seu tempo de serviço na empresa, o que permite computar o período de trabalho para todos os efeitos legais”, afirma a nota técnica.

“Com a suspensão dos contratos de trabalho, no entanto, a empresa não efetua pagamento de salários e o período de afastamento não é considerado para contagem de tempo de serviço, afetando assim o cálculo das férias e do 13º”, explica a secretaria.

Como é feito o cálculo?

O prazo para o primeiro pagamento é 30 de novembro, e o prazo para o segundo pagamento é 18 de dezembro.

O 13º salário é calculado dividindo-se o salário por 12 e, a seguir, multiplicando-se o resultado pelo número de meses trabalhados.

Com base nesse entendimento, por exemplo, um empregado cuja renda é de 2.000 reais e cujo contrato está suspenso por seis meses receberá 1.000 reais. A pessoa cujo contrato estiver suspenso por oito meses receberá R $ 664.

Fique por dentro de todas as notícias sobre economia no Info Diretas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Como saber se alguém está traindo através do WhatsApp Whatsapp: 5 recursos que pode surgir em 2022 Como evitar de espionarem seu celular WhatsApp testa: Pagamentos de criptomoeda nos EUA Whatsapp cria nova funcionalidade para não ocupar espaço no celular