INSS: 13º salário, veja quem não pode receber esse benefício na Região Sul do País

0

O 13° salário do INSS é um direito de todos os segurados que recebem benefícios previdenciários, os quais necessitam de contribuições à Previdência para serem concedidos.

Sendo assim, os beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada) não têm direito à gratificação, que foi antecipada pelo terceiro ano consecutivo em 2022.

Isso porque se trata de um benefício assistencial, e que não exige recolhimento de contribuições ao INSS. O mesmo acontece para a Renda Mensal Vitalícia.

O pagamento da primeira parcela já foi finalizado, restando somente a segunda. O calendário inicia no próximo dia 25 de maio, e a consulta ao 13° já foi liberada pelo INSS pelos canais oficiais da autarquia. 

13° salário do INSS em 2022

É o terceiro ano consecutivo em que a gratificação é antecipada para abril e junho. Em 2020 e 2021, a medida foi tomada principalmente para conter os impactos da Covid-19 na economia.

Têm direito ao salário extra os cidadãos que recebem benefícios previdenciários do INSS, como: aposentadorias, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade.

O calendário da segunda parcela inicia no próximo dia 25 de maio, e se sucede de acordo com o dígito final do benefício do cidadão. É dividido em dois grupos: beneficiários que recebem até 1 salário mínimo e beneficiários que recebem mais de 1 salário mínimo.

Como consultar o 13° salário do INSS?

  1. Acesse o aplicativo ou site Meu INSS;
  2. Faça o login utilizando a conta Gov;
  3. No app, abra o menu nas três listras localizadas no canto superior esquerdo. Caso esteja no site, vá em “Serviços”, na barra azul;
  4. Selecione “Mais acessados” e depois vá em “Extrato de Pagamento de Benefício”;
  5. Confira os detalhes do pagamento do seu benefício e do 13° salário.

A consulta também pode ser realizada através da Central Telefônica 158. O funcionamento é de segunda à sábado, das 7h às 22h.

Calendário da segunda parcela do 13° do INSS

Beneficiários que recebem até 1 salário mínimo (R$1.212)

  • Final do benefício 1 – 25/5;
  • Final do benefício 2 – 26/5;
  • Final do benefício 3 – 27/5;
  • Final do benefício 4 – 30/5;
  • Final do benefício 5 – 31/5;
  • Final do benefício 6 – 1º/6;
  • Final do benefício 7 – 2/6;
  • Final do benefício 8 – 3/6;
  • Final do benefício 9 – 6/6;
  • Final do benefício 0 – 7/6.

Beneficiários que recebem acima de 1 salário mínimo

  • Final do benefício 1 e 6 – 1º/6;
  • Final do benefício 2 e 7 – 2/6;
  • Final do benefício 3 e 8 – 3/6;
  • Final do benefício 4 e 9 – 6/6;
  • Final do benefício 5 e 0 – 7/6.