O Orkut pode voltar no Brasil? O que esperar desta novidade? Entenda

0

Após o anúncio da compra do Twitter pelo empresário Elon Musk por US$44 bilhões, outra novidade movimentou a internet. O site do Orkut foi reativado, com um comunicado do criador executivo da rede.

Orkut Büyükkökten assinou a carta, e promete estar “construindo algo novo”. Logo no final da página, os usuários podem deixar o seu e-mail para receber mais atualizações.

O retorno da rede social ainda não está totalmente confirmado, porém, a carta publicada no site que até então estava desativado deu o que falar entre os internautas, que relembraram bons momentos que viveram na antiga plataforma.

Retorno do Orkut

Orkut menciona em sua carta publicada no endereço Orkut.com alguns problemas que ele identifica nas redes sociais de hoje em dia, que parecem estar dividindo os usuários, de acordo com ele.

Além disso, toca em pontos importantes como vazamento de dados, fake news e disseminação de ódio online. “Há tanto ódio online nos dias de hoje, e nossas opções para encontrar e construir conexões reais são poucas e bem escassas.”, disse.

“Nossas ferramentas online devem nos servir, não nos dividir. Elas devem proteger nossos dados, não vendê-los. Elas devem nos dar esperança, não medo e ansiedade. A melhor rede social é aquela que enriquece sua vida, mas não a manipula.”, continuou.

Finalmente, declarou que acredita no poder da conexão para mudar o mundo, e relembra de quando criou o Orkut enquanto fazia sua pós-graduação na universidade de Stanford. 

Nostalgia

Os usuários do Twitter se dedicaram a relembrar momentos que viveram no Orkut, além das ferramentas que a rede social possuía, como as comunidades e os joguinhos. Dentre eles, a Colheita Feliz e o Café Mania.

Entre as comunidades mais famosas, os internautas relembraram a “Eu Odeio Acordar Cedo”, muito lembrada pela foto do gato Garfield como ícone.

O que resta agora é aguardar para ver se realmente o renascimento do Orkut irá acontecer. E você, já informou seu e-mail na página para receber as atualizações?