Sargento é morta em Forquilhinha; Autor é ex-policial

Sargento da Polícia Militar foi morta pelo ex-marido, em Forquilhinha (SC). Autor é ex-marido da vítima e ex-policial. Após disparar, ele tirou a própria vida.

Em nota, a Prefeitura de Forquilhinha lamentou o crime:

O Governo Municipal de Forquilhinha lamenta profundamente a morte da policial militar, sgto Regiane Terezinha Miranda, nesta segunda-feira, 13, vítima de feminicídio no bairro Vila Lourdes.

Regiane se destacava pelo seu carisma, competência e dedicação nos trabalhos realizados na Polícia Militar, e angariou uma admiração ainda mais especial da comunidade como instrutora do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

O Governo Municipal de Forquilhinha se solidariza com os familiares, amigos, colegas do 9º Batalhão da Polícia Militar e presta condolências neste momento de profunda tristeza.

Também em nota, o 9º Batalhão de Polícia Militar – Criciúma (que abrange Forquilhinha), destacou a carreira da sargento.

NOTA DE FALECIMENTO É com grande pesar que a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) informa o falecimento da 3º…

Posted by 9º Batalhão de Polícia Militar – Criciúma on Monday, July 13, 2020